quinta-feira, 9 de agosto de 2012

"Auto ajuda é pros fracos" ou era o que eu pensava.

"Vá direto ao assunto" estava na sessão de autoajuda da livraria quando eu o comprei. Confesso que tenho um certo preconceito com essa sessão pelo simples fato de que eu não acredito que ler um livro escrito por uma pessoa que não me conhece, mas diz ter as respostas para os meus problemas, irá mudar minha para melhor. Não sei quanto a vocês, mas pra mim a ideia parece absurda.

Mas pq não tentar, não é? Ele estava com um preço bom (R$19,90) e quando passei no caixa saiu ainda com desconto, sabe-se deus pq (R$17,90).

Cheguei em casa e pensei "Okay, agora é só começar a ler". Mas "mé". Naquela semana eu procrastinei até não poder mais. E acontece que comecei mesmo em um momento de tédio absurdo e... gostei!

Escrito pelo consultor Stuart R. Levine, "Vá direto ao assunto" dá dicas de como organizar sua vida profissional e torna-la mais produtiva sem você ter que se matar o dia todo. São 100 passos muito bem explicadinhos e ainda com exemplos de situações e suas soluções que eu li com o marca-texto na mão, pois sabia que pecava em vários daqueles aspectos na minha vida profissional.

Sei que muita gente trabalha e assim como eu reclama de falta de tempo, semana desgastante, má alimentação, entre outras coisas que nos faz postar quase todo o dia no twitter reclamando e pedindo pelo amor de deus pela sexta feira, e nesse livro eu pude ver que há meios de driblar tudo isso e deixar a rotina mais harmoniosa aos poucos.

Pelo menos eu estou tentando, se der certo, bom pra mim, se não der em nada, pelo menos foi uma boa experiencia (: E imagino que esse livro estivesse na sessão errada pois ele é sobre "negócios", certo? hihi Oh you, Livraria! Me fazendo pensar que recorri a autoajuda! 

Ficaram interessados? Espero que sim.
Have a great day ~ 

2 comentários:

  1. Parece interessante apesar de que eu não tenho uma vida profissional (le sedentária). Hm. :3

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo! ♥
Mas favor não fazer propagandas aqui.